Em Caicó, família de Zaira Cruz espalha cartazes pedindo justiça pela jovem

Em Caicó, no Seridó Potiguar, a família de Zaira Cruz estendeu faixas pedindo celeridade da justiça no julgamento do assassino da jovem em 2019.

Em março de 2021, dois anos após o crime, o juiz Luiz Cândido Villaça, da 3ª Vara de Caicó, decidiu que Pedro Inácio vai a júri popular. O magistrado também decidiu que o policial deve continuar preso preventivamente. A família de Zaira, mesmo sabendo que Pedro Inácio está preso, pede celeridade à Justiça do Rio Grande do Norte para condená-lo.

 

Compartilhe nas Rede Sociais

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email