Campanha de prevenção à obesidade infantil será lançada em julho

O Ministério da Saúde lançará, em julho, a Estratégia de Prevenção e Atenção à Obesidade Infantil  e a Campanha Nacional de Prevenção à Obesidade Infantil.

O objetivo da pasta é aumentar os esforços para a melhoria da saúde e da nutrição das crianças. As ações vão apoiar os municípios no planejamento, implementação, monitoramento de ações e intervenções na Atenção Primária à Saúde.

Também será lançado um sistema on-line que permitirá aos gestores municipais de saúde acompanharem as ações e o cumprimento de metas.

A pandemia da Covid 19 agravou a situação da obesidade no país e teve impacto importante na alimentação das crianças e adolescentes, além do aumento do sedentarismo.

A interrupção significativa na rotina das crianças pode gerar impacto negativo na saúde mental e bem-estar, o que pode provocar um índice ainda maior de jovens com excesso de peso. Por isso, a recomendação é intensificar os cuidados com a saúde, tais como a prática de atividade física e também fazer escolhas mais saudáveis na alimentação.

Em 2016, foi proclamada a Década de Ação das Nações Unidas sobre Nutrição que termina em 2025, e o Brasil lidera as ações, em conjunto com outros governos, para enfrentar os problemas decorrentes da má nutrição, principalmente para o excesso de peso em crianças menores de cinco anos de idade.

No Sistema Único de Saude, o atendimento multidisciplinar garante várias abordagens necessárias para o acompanhamento e tratamento da doença, já que isso também envolve uma mudança de comportamento em casa.

Neste ano, como parte das ações de prevenção e controle da obesidade e para melhorar a alimentação na infância, o Ministério da Saúde lançou o Guia Alimentar de bolso para menores de 2 anos, com orientações para a introdução de alimentos a partir dos seis meses.

Blog do Ismael Medeiros

Compartilhe nas Rede Sociais

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email